Sequencial da Remessa Incorreto – Banco SICREDI.

[removido]

[removido]
Changed 2 years ago

Ao importar o arquivo fora de sequencia o banco retornará a seguinte mensagem:

 

--------

Dados Inválidos.

0FE Arquivo fora da sequencia – Esperado: XX – No header: YY

--------

 

 

Há duas formas de corrigir.

 

1º Corrigindo o número sequencial no sistema e regerando o arquivo de remessa.

2º Alterando o número sequencial no arquivo.

 

---------------------

 

1º Corrigindo o número sequencial no sistema e regerando o arquivo de remessa.

 

Para corrigir o número sequencial da remessa no sistema, desabilitaremos a configuração:

 

Menu -> Outros -> Parâmetros -> Configurações Gerais -> Aba LIGHT

 

   [-] Automação Bancária [Restrições]

      [x] Desabilitar os seguintes botões: [Nº Remessa] e [Nosso Número]

 

Após desabilitar, entraremos em Gerar Remessa:

Processos → Contas a Receber → Automação Bancária → Gerar Remessa.

 

Clicaremos no Botão: Nº Remessa

 

E informaremos o número anterior ao esperado.

(Seguindo o exemplo da imagem a cima o esperado é que seja 16, portanto informaremos o sequencial no sistema como 15).

 

 

Após digitar o número, clicaremos em OK.

O sistema irá retornar que o número de remessa foi gerado com sucesso.

 

 

Após isso, basta filtrar novamente os documentos e gerar a remessa.

 

Depois de gerada, reabilitar a configuração:

[x] Desabilitar os seguintes botões: [Nº Remessa] e [Nosso Número]

 

----------------------

 

2º Alterando o número sequencial no arquivo.

 

Para alterar o número no arquivo, basta localizar a remessa na pasta configurada e abrí-lo usando o Bloco de Notas.

 

Alterando a numeração da remessa para o esperado no cabeçalho do arquivo, conforme imagem abaixo:

 

 

Depois de alterar no arquivo, realizar a importação da remessa novamente.

 

Depois de enviado, será necessário realizar a alteração do sequencial da remessa no sistema  (conforme Solução 1) para que as próximas sejam geradas corretamente.

 

---------------------------

 

Obs: Para o SICREDI além do número sequencial da remessa, ainda há a sequencia de extensão.

 

Toda primeira remessa do dia é gerada com a extensão .CRM.

A partir da segunda, passa a ser gerada com extensões .RMX, onde o X é um número sequencial.

Exemplo: A segunda gera como .RM2, a terceira como .RM3, a quarta como .RM4, assim sucessivamente.

 

Na importação, além do número sequencial de remessa, o banco valida a sequencia das extensões, então, em caso de regerar uma remessa, e o número da extensão for diferente do esperado na hora do envio, será necessário alterar manualmente a extensão para a extensão válida.